Como proteger o celular, depois de roubado

Informativos By nov 11, 2021

Segundo dados colhidos no Portal da Transparência da Secretaria de Segurança Pública (SSP/SP) do estado de São Paulo apontam que cerca de 160 mil celulares já foram roubados ou furtados no estado de São Paulo entre janeiro e julho de 2021.

33 celulares apreendidos com um suspeito de receptação e revenda de aparelhos no Itaim, Zona Sul de São Paulo. — Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

 

33 celulares apreendidos com suspeitos de receptação

Além do valor dos aparelhos, os bandidos estão de olho nas informações das vítimas para aplicar golpes. 

E aí que vou concentrar esse post. Imaginando que o roubo aconteceu, não adianta mais falar de como é importante não manter o celular a vista, procurar não usa-lo em vias de grande movimento e etc.
Os principais golpes estão ligados aos aplicativos de mensagem e aos aplicativos bancários. O que é possível fazer para mitigar as chances de que o meliante tenha acesso aos aplicativos?
A principal barreira ao celular seria o reconhecimento biométrico do aparelho, só que em um grande número de roubos, o assaltante busca roubar quando o aparelho está desbloqueado. A primeira chance é quando estamos usando o aparelho e o assaltante nos intercepta, outra chance é quando estamos usando o aparelho desbloqueados com aplicativos de condução de veículos (a exemplo Waze). Mas mesmo com o aparelho bloqueado, o assaltante tem ainda uma chance de utilizar alguns dados. O roubo se dá na troca de sim card para outro aparelho, e em conjunto com outro dispositivo que possa ter sido roubado (um computador por exemplo) o mal feitor pode ter acesso a dupla autenticação que pode estar vindo pelo SMS. 

Para mitigar algumas chances sugiro duas medidas:

1. Trocar a senha do SIM CARD
2. Usar um aplicativo que solicite autenticação biométrica para abrir outros aplicativos.

Trocar a senha do SIM Card

Ao adquirir um novo aparelho ou somente um novo chip SIM de uma operadora qualquer, sempre somos presenteados também com uma cartela contendo um código numérico conhecido popularmente como PIN (sigla para Personal Identification Number, ou Número de Identificação Pessoal).

Basicamente, tratam-se de códigos capazes de bloquear as funcionalidades de seu chip SIM, impedindo que pessoas não autorizadas realizem chamadas telefônicas, naveguem pela internet ou enviem mensagens SMS através do seu número. Caso a proteção por PIN esteja ativada, será necessário informar o código em questão sempre que o dispositivo for ligado (durante seu boot); caso contrário, não será possível usar os recursos de sua operadora.

É muito fácil ativar a proteção por PIN no chip SIM de um dispositivo Android.

Primeiramente, entre no menu de configurações gerais de seu dispositivo. Em seguida, procure pela opção “Segurança”. Dentro da janela Segurança, procure pela opção “Configurar bloqueio do SIM” e toque nela. Na tela que se abre, marque a caixa de seleção referente à opção “Bloquear cartão SIM”. Será necessário informar o código PIN que se encontra na cartela enviada junto com seu chip (caso não tenha mais a cartela, é provável que sua operadora saiba informar a senha.

Troca de senha SIM CARD
Perceba que você só pode errar o PIN duas vezes; caso insira o código errado três vezes, será necessário usar os dois códigos PUK (também informados na cartela) para desbloquear a funcionalidade. Posteriormente, caso queira, você pode tocar na opção “Alterar PIN do SIM” para configurar uma senha personalizada para o seu chip – apenas tome cuidado para não esquecê-la!

Aplicativo para bloquear Aplicativos

Para que você entenda melhor, o bloqueio de aplicativos no celular é uma medida de segurança extra para proteger suas informações pessoais.
Você pode fazer um bloqueio extra de qualquer aplicativo que possuir em seu telefone, seja um app de notas, de banco, de mensagens instantâneas ou redes sociais.

 

Android

Alguns celulares já vêm com um app de bloqueio de aplicativos para Android. Nesses casos você precisa ir em configurações do celular para saber se seu celular oferece essa possibilidade.

Sugerimos procurar de acordo com o modelo do telefone, pois a apresentação das informações de bloqueio de aplicativos varia bastante.

Eu uso o APP LOCK, mas tem o Bloqueio App Lock, AppLock Zilla, etc.

 

iPhone

Existe também uma opção de bloqueio de aplicativos para iPhone que é do próprio sistema. Para acessar, siga os passos a seguir:

  1. Vá em “Ajustes”
  2. “Geral”
  3. “Restrições”;
  4. Clique em “Ativar Restrições”
  5. Digite sua senha e selecione os apps que quer restringir o acesso;

Escolha o tipo de conteúdo que pode ser acessado em cada nível de classificação.

Ou ainda tem alguns aplicativos como: iProtect, Locktopus, iApplock, entre outros.

Medida extra de segurança para aplicativos Bancários

Um dos maiores benefícios que a internet nos deu é não precisar ir ao banco para fazer qualquer movimentação simples. Hoje, podemos controlar as finanças pelo celular. No entanto, junto com essa evolução maravilhosa, aumenta o risco de alguém descobrir a sua senha. 

Para evitar esse problema, a maioria dos bancos está aderindo ao reconhecimento digital no lugar de senhas numéricas, já que praticamente todos os novos celulares vêm com essa tecnologia.

  • Para ninguém descobrir sua senha bancária, nossas recomendações são:
  • Não acesse a sua conta bancária dentro do ônibus, mesmo que se sinta seguro. Sempre tem alguém olhando;
  • Evite acessar sua conta bancária em lugares públicos quando há muitas pessoas ao seu redor;
  • Se possível, faça a adesão do reconhecimento da digital como senha no app do seu banco;
  • Outra sugestão é aderir a um dos apps de bloqueio de aplicativos, para uma camada extra de proteção.

Proteja suas conversas do Whatsapp

O Whatsapp tem uma medida de proteção chamada “verificação em duas etapas”. Essa medida funciona como uma verificação dupla, sempre que for necessário verificar sua conta.

Desta forma, o aplicativo evita que alguém acesse seu Whatsapp de outro aparelho para poder ficar acompanhando as suas mensagens.

Aderir a essa proteção adicional é muito simples:

  • Vá nos 3 pontinhos que aparecem do lado direito no topo da tela;
  • Clique em “Configurações”;
  • Vá em “Conta”;
  • Selecione a “Verificação em duas etapas”;
  • Selecione “Ativar” e determine uma senha ou e-mail para a verificação.

No iOS o caminho é o mesmo, mas ao invés de “Conta” a opção que aparece é “Ajustes”.

Como ocultar o conteúdo de notificações

Às vezes estamos conversando sobre algum assunto muito sensível no WhatsApp, ou aguardando um e-mail cuja informação é confidencial, ou o que quer que seja que não queremos que outras pessoas vejam.

 

Mas sempre que chega uma notificação nova, uma prévia da mensagem do e-mail, ou da mensagem aparece na tela bloqueada do seu celular. 

Você pode ocultar as prévias de conteúdo de notificações do seu celular com um procedimento muito simples:

  • Vá nas “Configurações” do seu celular;
  • Ache a opção de “Aplicativos” ou “Notificações”;
  • Lá procure algo como “Tela de Bloqueio”;
  • Selecione a opção de sua preferência. Pode ser “não mostrar nenhuma notificação”, ou apenas “esconder conteúdo da mensagem”.